Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolívia reduz fornecimento de gás ao Brasil após desastre com gasoduto

A Bolívia reduziu de 31 para 27 milhões de metros cúbicos diários (MMCD) o fornecimento de gás para o Brasil, após a destruição de um trecho do gasoduto que passa por Santa Catarina, Estado assolado por inundações, informou nesta quarta-feira o ministério boliviano de Hidrocarbonetos.

AFP |

"Estamos nos 27 milhões (de metros cúbicos diários de gás) neste momento (...) para o Brasil, e ampliamos o fornecimento para a Argentina a 6 milhões", informou o ministério, acrescentando que a mudança vai permanecer enquanto durar a emergência.

Segundo o ministro dos Hidrocarbonetos, Saúl Avalos, o conserto do gasoduto em Santa Catarina vai "levar várias semanas e, enquanto isto, não há para onde enviar nosso gás senão para a Argentina".

Consultado sobre a possibilidade de abastecer o Brasil utilizando os gasodutos argentinos, o ministro Avalos afirmou que "não analisa tal possibilidade".

A Bolívia tem o compromisso de fornecer ao Brasil até 31 MMCD e as dificuldades de produção limitam sua venda de gás à Argentina a entre 1 e 2 MMCD, apesar da promessa de entregar até 7,7 MMCD.

jac/LR

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG