Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bolívia: atentado reduz fornecimento de gás ao Brasil

A explosão em um gasoduto no sudeste da Bolívia obrigou o governo de Evo Morales a reduzir as exportações de gás natural para o Brasil, de 31 para 28 milhões de metros cúbicos diários, informou o governo boliviano nesta quarta-feira, qualificando o incidente de atentado terrorista.

AFP |

O presidente da estatal petroleira YPFB, Santos Ramírez, denunciou em entrevista coletiva que "grupos paramilitares e fascistas" realizaram um "atentado terrorista" contra um gasoduto de exportação ao Brasil.

O incidente ocorreu na madrugada de quarta-feira no povoado de Yacuiba, na zona de fronteira com a Argentina, danificando um tubo de 32 polegadas que segue até à zona de Rio Grande, no departamento de Santa Cruz, antes de se conectar a outras linhas de bombeamento para o Brasil.

"A perda deste volume de exportação significa, economicamente, a perda de mais de oito milhões de dólares por dia", disse o presidente da petroleira boliviana, que culpou os "governadores e dirigentes cívicos" da oposição pelo atentado.

O incidente se soma à ocupação, por parte de grupos civis rebeldes, do campo de gás de Vuelta Grande, no departamento de Chuquisaca (sudeste), operado pela companhia Chaco, filial da argentina Panamerican Energy, que também suspendeu a produção de 2,3 milhões de m3, destinados à Argentina e Brasil.

O governo boliviano não informou a redução das exportações ao Brasil, que recebe, normalmente, 31 milhões de m3 diários de gás.

Um funcionário do ministério brasileiro das Minas e Energia disse à AFP que "pelo nosso controle, o Brasil está recebendo 100% do gás esperado da Bolívia. Até o momento, não verificamos queda no fornecimento ou recebemos qualquer comunicado sobre o assunto".

O funcionário destacou que "o governo está acompanhando muito atentamente (a situação) através da embaixada (brasileira) em La Paz e por meio da Petrobras".

jac/LR

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG