Tóquio, 7 out (EFE).- O Banco do Japão (BOJ) injetou hoje mais 1 trilhão de ienes (US$ 9,847 bilhões) no mercado financeiro, em uma medida de emergência para acalmar a crise, informou a agência Kyodo.

Este é o 15ª dia consecutivo em que o BOJ realiza uma injeção de capital bilionária de emergência para prevenir uma alta excessiva das taxas de juros interbancários.

As injeções realizadas pelo banco central japonês ajudaram a suavizar as condições creditícias entre os bancos estrangeiros e forneceram maior liquidez ao sistema financeiro para conter os transtornos nos empréstimos interbancários, segundo agentes de bolsa.

Desde que o banco de investimento americano Lehman Brothers quebrou, no dia 15 de setembro, o banco central japonês forneceu ao sistema financeiro 25,9 trilhões de ienes (US$ 255,046 bilhões).

O BOJ concluirá hoje uma reunião de dois dias, na qual se prevê que mantenha as taxas de juros em 0,50% pelo 20º mês consecutivo.

EFE cej/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.