SÃO PAULO - A Boeing anunciou a entrega da 1400ª unidade do jumbo 747. O avião, um 747-400 cargueiro, foi enviado à empresa de leasing aeronáutico norte-americana GE Commercial Aviation Services (Gecas), que vai repassá-lo à AirBridgeCargo Airlines.

Estamos honrados em receber o 1400º 747, disse o vice-presidente de Produção da companhia aérea, Gennady Pivovarov. O 747 é um avião de alta qualidade e muito confiável, e tem sido importante para nosso sucesso, acrescentou.

O avião entregue é o sétimo 747 na frota da companhia. Além disso, a controladora da AirBridgeCargo, a Volga-Dnepr, tem ainda pedidos para outros cinco 747-8 de carga, a versão mais moderna do avião cargueiro.

Esse marco mostra a solidez da fundação criada logo no começo do programa do 747, disse o vice-presidente e diretor geral do Programa do 747, Ross Bogue. A Boeing entregou sete vezes mais aviões do que sua estimativa de mercado inicial de 200 unidades, feita na época em que o 747 entrou em serviço, completou.

Os 1.400 aviões desse modelo construídos na fábrica de Everett (estado de Washington, nos EUA) têm em conjunto um total de 17 milhões de vôos entre 1968 e 2007, com 89 milhões de horas de vôo, equivalente a 10 mil anos de vôo ininterrupto. Essas aeronaves, segundo a Boeing, já voaram cerca de 78 bilhões de quilômetros, o equivalente a 101,5 mil viagens de ida e volta à Lua.

(José Sergio Osse | Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.