Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Boeing anuncia contrato de venda de 45 aviões à Etihad Airways, por US$ 9,4 bilhões

SÃO PAULO - A norte-americana Boeing anunciou hoje a venda de 45 aeronaves à Etihad Airways. O valor total do negócio, a preços de tabela, é de US$ 9,4 bilhões. No total, a companhia dos Emirados Árabes Unidos (EAU) adquiriu 35 unidades do modelo 787-9 Dreamliner e 10 do 777-300ER.

Valor Online |

Embora o pedido já tenha sido incluído na carteira da Boeing, o nome do cliente só foi revelado hoje, durante o airshow de Farnborough, no Reino Unido.

A nova geração de aviões da Boeing que pedimos estão entre as mais eficientes no uso de combustíveis e vai ajudar a manter a frota da Etihad como uma das mais jovens e menos poluentes nos céus, disse o executivo-chefe da Etihad, James Hogan. O tamanho de nosso pedido também reflete a crescente importância do Oriente Médio e sua crescente emergência como um ponto focal da aviação global, oferecendo as ligações aéreas mais rápidas para viajantes e operadoras de carga, afirmou.

Desde o início de suas operações, em 2003, a Etihad Airways tem crescido rapidamente e, hoje, opera para 45 destinos diferentes. Baseada em Abu Dhabi, a companhia transportou um total de 2,8 milhões de passageiros no primeiro trimestre deste ano - 800 mil a mais que em igual período do ano passado.

Consideramos a Etihad como uma cliente de ponta e congratulamos a companhia por seu crescimento impressionante, disse o presidente do conselho, presidente e executivo-chefe da Boeing, Jim McNerney. O compromisso da Boeing em fornecer os aviões mais eficientes no uso de combustíveis é demonstrado claramente tanto pelo 777 quanto pelo 787 e sabemos que a Etihad vai se beneficiar da confiabilidade e eficiência que esses aviões trarão a sua operação com aparelhos de fuselagem larga, concluiu o executivo.

(José Sergio Osse | Valor Online)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG