SÃO PAULO - A implementação de uma boa reforma tributária poderá acelerar a conquista do grau de investimento pelo Brasil, disse hoje a presidente da agência de classificação de risco Standard & Poor´s Brasil, Regina Nunes. Sem entrar em muitos detalhes, a executiva citou o fim da incidência dos impostos em cascata e a desoneração do setor produtivo como pontos importantes a serem atacados pelo governo.

No entanto, Regina também lembrou a importância de o governo manter a arrecadação suficiente para arcar com seus compromissos, como a manutenção do superávit primário. Presente à cerimônia de posse do Conselho Administrativo da Câmara Americana de Comércio (AmCham), a executiva preferiu não alongar o assunto. A reforma precisa ser discutida com a sociedade e não é função da S & P dar receita de reforma tributária.

Questionada sobre sua previsão para o grau de investimento brasileiro, ela preferiu não dar prazo. Disse, apenas, que o salto da nota BB+ (caso do Brasil) para BBB- (o primeiro degrau do grau de investimento) costuma ser um dos mais demorados. Ela citou o caso da Índia, que esperou 16 anos nessa passagem.

(Murillo Camarotto | Valor Online )

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.