Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BNY Mellon passa a administrar 8,22% do K da Bematech

O BNY Mellon comprou, de forma indireta, 8,22% do capital da Bematech. Veja comunicado: Divulgação de Participação Acionária Instrução CVM n.

Agência Estado |

º 358
Senhoras e Senhores,
Em atendimento ao art. 12 da Instrução CVM n.º 358, de 3 de janeiro de 2002, e alterações
posteriores ("Instrução 358"), o The Bank of New York Mellon Corporation, empresa constituída de acordo com as
leis dos Estados Unidos da América, com sede na One Wall Street, New York, NY 10286 USA, doravante
designada "BNY Mellon", e BNY Mellon ARX Investimentos Ltda, Brazil, subsidiária do BNY Mellon, ("Subsidiária"),
empresa constituída de acordo com as leis do Brasil, com sede na Av. Presidente Wilson, 231 - 11º andar, Rio de
Janeiro, RJ, Brasil, 20030-905, vêm informar o quanto segue:
Em 11 de agosto de 2008, o BNY Mellon, no exercício de sua função de gestor de investimento, agindo com
poderes discricionários, adquiriu, de forma indireta, 4.462.966 ações do capital social da Bematech S.A. (a
"Companhia"), representando 8,22% do capital social da Companhia para finalidade de investimento.

1. Este fato é resultado do aumento do número de ações detidas pela Subsidiária em 11 de agosto, em
4.462.966 ações.

2. Até aquele momento, BNY Mellon não controlava indiretamente nenhuma ação de emissão da Companhia.

3. Desse modo, BNY Mellon, ultrapassou, de forma indireta, o limite de 5% estabelecido pela Instrução 358.

Em 11 de agosto de 2008, a Subsidiária, no exercício de sua função de gestor de investimento, agindo com
poderes discricionários, adquiriu representando seus clientes, 4.462.966 ações do capital social da Bematech S.A.

(a "Companhia"), representando 8,22% do capital social da Companhia para finalidade de investimento.

1. Este fato é resultado do aumento do número de ações detidas pela Subsidiária em 11 de agosto de 2008,
em 4.462.966 ações.

2. Até aquele momento, a Subsidiária não controlava diretamente nenhuma ação de emissão da Companhia.

3. Desse modo, a Subsidiária ultrapassou, de forma direta, o limite de 5% estabelecido pela Instrução 358.

Informam, ainda, que nem a Subsidiária, nem o BNY Mellon, celebraram qualquer contrato regulando o
exercício de direito de voto ou a compra e venda de valores mobiliários de emissão da Companhia.

Informam, por fim, que nem a Subsidiária, nem o BNY Mellon têm intenção de alterar ou influenciar a
composição do controle ou a estrutura administrativa da Companhia, ou mesmo interferir com a forma de
condução atual dos negócios da Companhia.

Caso V.Sas. tenham qualquer dúvida ou necessitem de mais esclarecimentos em relação ao
acima exposto, solicitamos entrar em contato com o Sr. Nicholas Darrow, no telefone +1 412-236-7733.

THE BANK OF NEW YORK MELLON CORPORATION"

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG