Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BNDES libera crédito de R$900 mi para EDP-Energias do Brasil

RIO (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou nesta terça-feira a primeira operação de limite de crédito para o setor elétrico, liberando financiamento de 900 milhões de reais para a EDP-Energias do Brasil. A empresa, subsidiária da Eletricidade de Portugal, controla no Brasil as distribuidoras de energia Bandeirante e Espírito Santo Centrais Elétricas S.A (Escelsa) e a geradora Energest S.A.

Reuters |

Segundo o BNDES, os recursos serão destinados à complementação do plano de investimentos do grupo para o período 2008-2012, que prevê uma carteira de 4,6 bilhões de reais em projetos.

"A maior parte do financiamento do BNDES será destinada a investimentos de geração que propiciarão praticamente a duplicação de sua capacidade instalada, passando dos atuais 1.043 MW para 2.302 MW em 2012", disse o banco em nota nesta teça-feira.

Os projetos incluem a construção de seis Pequenas Usinas Hidrelétricas (PCHs), refletindo tendência de aumento da participação dessas pequenas usinas no parque gerador do grupo, informou o BNDES.

Desde 2005 o BNDES já aprovou 20 operações dessa modalidade, no valor de 18,4 bilhões de reais, que torna mais ágil o processo de liberação de recursos, abrindo um crédito rotativo às empresas.

(Por Denise Luna)

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG