Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BNDES financiará R$ 392 mi em usina de etanol em MG

Rio, 26 - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 392 milhões para a empresa Bioenergética Vale do Paracatu S/A (Bevap). Segundo comunicado do banco, os recursos serão utilizados para produzir etanol e energia.

Agência Estado |

O financiamento será usado para construir unidade industrial com capacidade de processamento de três milhões de toneladas por ano de cana-de-açúcar, a partir de 2010, voltada para a produção de etanol hidratado e cogeração de energia elétrica, em João Pinheiro (MG).

De acordo com informações do BNDES, a capacidade instalada de geração será de 80 megawatts (MW), dos quais 60 MW serão comercializados e os 20 MW restantes utilizados para consumo próprio.

O BNDES calcula que os investimentos vão gerar 3.285 empregos diretos. O banco informou ainda que, segundo cálculos da empresa, para cada emprego direto serão gerados três indiretos. O financiamento do BNDES responderá por 60% do valor total do projeto, de R$ 653,6 milhões. Uma parcela do crédito, R$ 97 milhões, será repassada diretamente pelo BNDES e outra de R$ 295 milhões por intermédio de um consórcio de bancos liderados pelo Banco do Brasil.

Ainda segundo o banco, os recursos também serão utilizados na formação da lavoura de cana-de-açúcar e em investimentos sociais na comunidade local. A Bevap foi constituída em abril de 2007, a partir do interesse de seus controladores, os acionistas do Grupo Rodovias Integradas do Oeste S/A (SPVias), em investir na produção de bioenergia de cana. A SPVias iniciou suas atividades em 2000 com a administração e exploração da malha rodoviária em São Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG