Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BNDES estuda viabilidade de Corredor Ferroviário entre Atlântico e Pacífico

Rio de Janeiro, 10 set (EFE) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) fará estudos de viabilidade para a construção de um Corredor Ferroviário entre portos do sul e sudeste do país até um porto chileno, ligando os oceanos Atlântico e Pacífico, informou a entidade.

EFE |

O Banco realizou hoje uma chamada pública para fazer as análises de viabilidade do projeto, e o prazo de entrega do documento por parte de empresas interessadas é até o dia 24.

A companhia escolhida terá que apresentar sua proposta mais detalhada e, caso seja aprovada pela direção do BNDES, terá um prazo de dez meses para realizar os estudos e apresentar os resultados.

"Os estudos técnicos deverão abranger mapeamento e análise das alternativas de traçado; avaliação da integração da alternativa ferroviária com os outros modais (rodovias, hidrovias, portos); levantamento completo da demanda; avaliação econômico-financeira preliminar dos diferentes traçados", segundo nota do Banco.

Por sua vez, os estudos de viabilidade econômica terão que incluir previsões dos investimentos necessários, projeções de receita e custos operacionais.

A empresa selecionada também terá que apresentar estudos sobre os marcos regulatórios em cada um dos países que integrarão o corredor.

Para a instituição, a ampliação das trocas econômicas na América do Sul depende de uma integração física que facilite os intercâmbios comerciais entre as nações da região e com as de outras áreas.

"A conexão das rotas de comércio internacional entre os oceanos Atlântico e Pacífico é o principal desafio para a dinamização desses intercâmbios comerciais", acrescenta o comunicado. EFE cm/db

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG