O presidente do BNDES, Luciano Coutinho, anunciou hoje a ampliação de 60% para 80% da participação máxima do banco no financiamento de empreendimentos de distribuição de energia elétrica, telecomunicações, petróleo e ampliação da capacidade produtiva na indústria. Segundo ele, o teto de 60% era uma norma interna da instituição que restringiu o volume de crédito porque não tinha capacidade de atender a toda a demanda no ano passado.

Agora, com o funding adicional de R$ 100 bilhões do Tesouro Nacional, o BNDES amplia a cobertura de financiamento. O custo desse crédito será de 11,25% ao ano.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.