Tamanho do texto

SÃO PAULO - A BNDESPar, braço de investimentos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), e a EDF International desistiram de vender parte de suas ações na Light S.A., empresa integrada de energia com grande atuação no Rio de Janeiro.

Em fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), os acionistas afirmam que à vista das momentâneas condições desfavoráveis do mercado de capitais nacional e internacional pediram o cancelamento do registro de oferta que foi apresentado em 30 de maio.

Os dois acionistas pretendiam vender, em princípio, até 47.669.304 milhões de ações ordinárias da companhia. Tomando por base o preço de fechamento da ação ontem na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), de R$ 22,48, a oferta movimentaria cerca de R$ 1,07 bilhão.

Atualmente, o BNDESPar detém 33,7% das ações da companhia, ou 65,555 milhões de papéis, e a EDF figura com 6,58%, ou 13,391 milhões de papéis ON.

A controladora da Light é a RME - Rio Minas Energia Participações, com 49,5% do capital. Cabe lembrar que a RME é controlada pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), Andrade Gutierrez Concessões, Equatorial Energia e o fundo Luce Brasil, todas com participação igualitária no capital social.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.