Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BNDES desiste de 2ª captação de recursos no exterior

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) desistiu de fazer uma segunda captação de recursos no exterior, por meio da emissão de bônus, em razão da deterioração do cenário internacional. A informação é do superintendente da Área de Pesquisa e Acompanhamento Econômico do BNDES, Ernani Teixeira Torres Filho.

Agência Estado |

Ele não soube dizer o valor que seria captado.

Em julho, o banco de fomento interrompeu uma emissão de R$ 1,5 bilhão em debêntures, que fazia parte da primeira parcela (tranche) de uma emissão de R$ 6 bilhões. Na época, fontes informaram que a emissão seria retomada em setembro ou outubro deste ano.

Caso seja necessário, o governo disse ontem que poderá aumentar o capital social do BNDES, permitindo que ele faça empréstimos de maior porte. "O governo deixou claro que não vai ser por uma questão regulatória que o BNDES não cumprirá seu papel", disse Torres.

Longo prazo

O BNDES pretende atrair investimentos estrangeiros para o Brasil, como forma de compensar a escassez do crédito internacional. Segundo o superintendente da Área de Pesquisa e Acompanhamento Econômico do BNDES, o banco de fomento tem mantido conversas com fundos soberanos estrangeiros e que compram participação em empresas (private equity) que manifestaram um crescente interesse em investir no País, depois da obtenção do grau de investimento. "O BNDES tem uma carteira enorme de investimentos e pode ser veículo para entrada desses aportes", disse. Ele mencionou o interesse do fundo soberano de Cingapura no Brasil.

Segundo ele, esta seria uma maneira de sustentar um alto nível de investimentos em indústria e infra-estrutura mesmo com as limitações do BNDES e do fluxo de caixa das empresas no atual momento. Torres também acredita que uma alternativa disponível é a transferência de recursos do próprio governo, como o fundo de estrutura da Caixa Econômica Federal (CEF), para o BNDES.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG