Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BNDES: desembolsos somam R$ 10,4 bi em maio 2009

Os desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) somaram R$ 10,4 bilhões em maio, valor 72% superior aos R$ 6 bilhões liberados em maio de 2009, segundo informa a instituição em nota divulgada hoje

AE |

Os desembolsos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) somaram R$ 10,4 bilhões em maio, valor 72% superior aos R$ 6 bilhões liberados em maio de 2009, segundo informa a instituição em nota divulgada hoje. No acumulado de janeiro a maio de 2010, os desembolsos totalizaram R$ 46 bilhões, com alta de 41% na comparação com igual período do ano passado.

O detalhamento dos dados acumulados no ano, segundo o banco, mostram que "os bons resultados devem-se, em grande parte, ao êxito do BNDES PSI, programa criado pelo governo federal em julho do ano passado para impulsionar o crescimento por meio do aumento dos investimentos". De acordo com a nota, entre janeiro e maio, foram desembolsados R$ 18,4 bilhões para produção e aquisição de máquinas e equipamentos. O documento informa ainda que, desde seu lançamento, em julho de 2009, o BNDES PSI já teve R$ 36,6 bilhões em desembolsos e R$ 55,6 bilhões em operações contratadas.

De acordo com o BNDES, ainda nos dados acumulados no ano, em todos os setores da economia (agropecuária, indústria, infraestrutura, comércio e serviços) houve crescimento dos desembolsos, "refletindo o poder de disseminação do BNDES PSI". O setor de infraestrutura respondeu por 41% dos desembolsos do banco nos primeiros cinco meses de 2010, com total de R$ 18,6 bilhões. A indústria, com 29% das liberações globais, absorveu R$ 13,3 bilhões em financiamentos no período. Já ao setor de comércio e serviços, foram desembolsados R$ 9,8 bilhões (21% do total) e à agropecuária, R$ 4,2 bilhões (participação de 9%).

Leia tudo sobre: ECONOMICO-ECONOMIA

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG