Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BNDES aprova R$ 80 mi para energia de biomassa na usina Guaíra

Rio, 09 - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou em comunicado a aprovação de financiamento de R$ 80 milhões para a Central Energética Guaíra, em São Paulo. O investimento é para expansão da cogeração de energia a partir da biomassa (bagaço da cana-de-açúcar e palha), que subirá de 8,4 megawatts (MW) para 35,4 MW, de acordo com o banco.

Agência Estado |

Em seu informe, o BNDES informou que o empreendimento, que ainda não está em operação, fica dentro da Usina Açucareira Guaíra, que produz açúcar cristal e álcool combustível e é autossuficiente em energia. Ainda de acordo com informações apuradas pelo banco, o projeto permitirá manter o atual nível de produção energética e gerará, em princípio, um excedente de 25 MW para comercialização, acrescentando mais um item à carteira de produtos do grupo.

O banco comentou ainda que, além da aquisição e montagem de equipamentos, os recursos do BNDES, que representam 80% do investimento total, serão utilizados para estudos e projetos, obras civis, materiais e utensílios gerais, treinamento e despesas pré-operacionais.

Segundo o BNDES, está previsto no projeto, durante a fase de implantação, que sejam gerados cerca de 200 empregos diretos no município de Guaíra e 100 postos de trabalho indiretos na região. A Usina Guaíra já mantém 452 funcionários, além de 2.187 empregos diretos na área agrícola, aos quais se somam cerca de mil trabalhadores indiretamente envolvidos. O empreendimento tem licenças de instalação e operação concedidas pela Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental de São Paulo (Cetesb).

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG