Tamanho do texto

SÃO PAULO - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou financiamento de R$ 91,3 milhões para a Pequena Central Hidrelétrica (PCH) de Santa Luzia Alto, que será construída no rio Chapecó, entre os municípios catarinenses de São Domingos e Ipuaçu. A verba do BNDES representa 67% do investimento total no empreendimento e será repassada pelo Banco do Brasil.

A Santa Luzia terá potência instalada de 28,5 MW e já tem a licença de instalação emitida pelo órgão estadual de meio ambiente. A expectativa é de que a unidade entre em operação em janeiro de 2010. Já o licenciamento da linha de transmissão depende da definição do traçado, que será definido em dezembro.

Assim, o repasse de recursos pelo BNDES está condicionado à apresentação das licenças de instalação devidas em nome da Santa Luzia Energética S.A., diz a nota divulgada pelo BNDES.

Na fase de construção, a expectativa é de que sejam gerados 600 empregos diretos, enquanto durante a operação serão cinco postos de trabalho.

A construção da usina será efetuada pela Construtora Gomes Lourenço e o projeto engloba também o sistema de transmissão associado. Esta será a segunda PCH do Grupo Gomes Lourenço, que executa projeto semelhante, a PCH Piedade, em Minas Gerais.

(Rafael Rosas | Valor Online)