O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) já tem garantia de 70% dos recursos necessários para 2009, quando pretende desembolsar cerca de R$ 100 bilhões, informou hoje o presidente da instituição, Luciano Coutinho. De acordo com ele, os desembolsos do banco até novembro deste ano já somam cerca de R$ 80 bilhões.

Até o final do ano, Coutinho estimou que deverão ser desembolsados em torno de R$ 90 bilhões.

"Está tudo caminhando bem. Estamos em várias frentes obtendo recursos", afirmou Coutinho, que participou nesta manhã da abertura do Seminário Internacional sobre Concessão de Aeroportos, realizado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), em um hotel da zona sul do Rio.

PIB

O presidente do BNDES estima que a expansão do Produto Interno Bruto (PIB) de 2008 deverá ficar acima de 5,5%. Para 2009, ele acredita que o crescimento do PIB deverá ficar em torno de 4%. Sobre o desempenho do PIB no terceiro trimestre, que registrou expansão de 6,8% em relação ao mesmo período do ano passado, Coutinho afirmou que esse resultado não o surpreendeu.

"A gente sempre sinalizou que o investimento estava muito forte, que estava acelerando, com os desembolsos acelerando. Se olharmos o agregado, os investimentos em infra-estrutura continuam muito firmes, porque dependem mais de decisão do governo do que de decisões privadas. A disposição do governo é sustentar o investimento e, se possível, acelerar o investimento como uma maneira de ajudar a estabelecer um piso para o crescimento da economia", disse Coutinho.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.