SÃO PAULO - A BM & F Bovespa demitirá 300 funcionários diretos e mais 80 terceirizados como parte do processo de integração entre a antiga Bovespa Holding e a BM & F S.A.. O desligamento dos funcionários deve ocorrer até o final deste mês de agosto, informou hoje o diretor-presidente da companhia, Edemir Pinto.

"A partir de 1º de setembro, teremos 100% do quadro operacional definido", afirmou Pinto, acrescentando que a empresa terá sete diretorias executivas. No próximo mês, então, a BM & F Bovespa contará com 1.100 funcionários diretos e mais 360 terceirizados.

Segundo Pinto, os cortes estavam previstos desde o anúncio da fusão, quando as empresas informaram que esperavam uma redução de 25% nas despesas operacionais como ganho de sinergia, o que equivalia a R$ 125 milhões, com base no resultado de 2007.

Deste montante total, o presidente da BM & F Bovespa garantiu que a empresa entregará R$ 50 milhões até o final deste ano, conforme compromisso assumido com o mercado.

Além do corte de pessoal, a companhia conta com ganhos na área de Tecnologia da Informação (TI) para atingir este objetivo de redução de gastos.

Leia mais sobre: Bovespa

    Leia tudo sobre: bovespa
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.