Tamanho do texto

Washington, 24 jul (EFE).- O Banco Mundial (BM) anunciou hoje a concessão ao Brasil de dois empréstimos no valor total de US$ 13,4 milhões para apoiar a criação de empregos e a competitividade urbana no sul do país.

Um comunicado da instituição financeira revelou que os créditos, um de US$ 6,6 milhões e outro US$ 6,8 milhões, foram destinados às cidades de Bagé e Uruguaiana, no Rio Grande do Sul.

"Estes são o segundo e o terceiro empréstimos do Programa de Desenvolvimento Municipal Integrado do Rio Grande do Sul, com um total de US$ 66 milhões em recursos para as cinco maiores cidades do sul do Estado", acrescentou.

"O primeiro financiamento, para a cidade de Pelotas, foi aprovado em janeiro de 2008. Os próximos empréstimos, para Rio Grande e Santa Maria, devem ser aprovados nos próximos meses", afirmou.

As cinco cidades incluídas no programa constituem os principais centros econômicos do estado que sofrem níveis relativamente altos de pobreza e estagnação econômica.

O programa tem como objetivo "fortalecer a capacidade municipal de gerar renda e empregos, melhorando ao mesmo tempo serviços de infra-estrutura urbana importantes para o desenvolvimento econômico e social", disse o comunicado.

"As cinco cidades são os motores econômicos da região. O programa vai ajudá-las a trabalhar juntas e compartilhar métodos e experiências inovadoras, para fomentar o desenvolvimento econômico", disse o diretor do BM para o Brasil, John Briscoe.

Os empréstimos têm um prazo total de 20 anos e um período de carência de cinco. EFE ojl/rb/plc

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.