SÃO PAULO - A BM & FBovespa informou há pouco que a partir de hoje foram os elevados os limites diários de oscilação dos contratos futuros de dólar e de Ibovespa negociados na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM & F). O reajuste vale também para os mini contratos dos dois ativos.

A partir de agora, o contrato futuro de dólar poderá oscilar 6% em um único dia, para cima ou para baixo. O limite anterior era de 5%, mas com a volatilidade recente do mercado, por duas vezes esta barreira teve que ser ampliada durante o pregão para 8%.

Nos contratos futuros de Ibovespa, oscilação máxima permitida em um dia passou de 8% para 10%. Segundo comunicado, a elevação visa adequar os contratos à recente turbulência dos mercados e também ao mecanismo do circuit breaker, que suspende o pregão à vista na Bovespa quando o índice tem uma variação de 10%. O mecanismo foi acionado ontem pela primeira vez em mais de nove anos.

Ainda no seu comunicado, a BM & FBovespa ressalta que pode revogar ou alterar, a qualquer momento, o limite de oscilação de preços de qualquer contrato e de qualquer vencimento, mediante comunicação prévia ao mercado.

O limite de variação diária para um contrato é uma forma de garantir que as margens de garantia depositadas pelos investidores vão conseguir cobrir os ajustes de pelo menos um dia.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.