SÃO PAULO - Em um dia movimentado no cenário externo e doméstico, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) operou com grande oscilação no início do pregão. A valorização das chamadas "blue chips", entretanto, dá força para o Ibovespa se sustentar no azul.

SÃO PAULO - Em um dia movimentado no cenário externo e doméstico, a Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) operou com grande oscilação no início do pregão. A valorização das chamadas "blue chips", entretanto, dá força para o Ibovespa se sustentar no azul. Com mínima de 64.523 pontos e máxima de 65.533 pontos, o Ibovespa subia 0,64% por volta das 11h20, aos 65.331 pontos. O giro financeiro movimentado chega a R$ 1,265 bilhão. Ontem, o Ibovespa marcou 64.914 pontos. Enquanto os papéis PNA da Vale subiam 1,10%, a R$ 44,69, as ações PN da Petrobras se apreciavam em 1,02%, a R$ 30,52. A mineradora teve lucro de R$ 2,879 bilhões no primeiro trimestre do ano, queda de 8,6% na comparação com o mesmo trimestre de 2009, mas alta de 6,3% sobre os R$ 2,708 bilhões apurados no quarto trimestre de 2009. Já a receita operacional da Vale ficou em R$ 13,029 bilhões no trimestre, 8,1% acima dos R$ 12,048 bilhões do quarto trimestre do ano passado e 1,1% menor que o observado nos três primeiros meses de 2009. Valorização mais expressiva apresentam as ações PN da Gerdau, que subiam, minuto atrás, 1,91%, a R$ 27,63. A empresa registrou um aumento de 1.537% em seu lucro líquido consolidado, de R$ 35 milhões no primeiro trimestre de 2009 para R$ 573 milhões no mesmo período de 2010. Entre as maiores altas do Ibovespa, estavam os papéis ON da Duratex, com valorização de 2,67%, a R$ 15,73, Bradespar PN, com ganhos de 2,44%, a R$ 38,14, e Usiminas PNA, apreciação de 2,31%, a R$ 54,25. No sentido oposto, destaque negativo para as units da ALL, com baixa de 1,54%, a R$ 14,70 e Eletrobrás ON, com desvalorização de 1,19%, a R$ 22,36. Ainda têm perdas expressivas os papéis PN da Ultrapar, que caíam 1,04%, a R$ 80,83. O grupo, que reúne a rede de combustíveis Ipiranga, a distribuidora de gás Ultragaz, a petroquímica Oxiteno, e a transportadora Ultracargo, apresentou lucro líquido consolidado de R$ 140,5 milhões no primeiro trimestre, resultado 54% superior aos R$ 91,2 milhões apurados no mesmo trimestre de 2009. Fora do Ibovespa, depois de subirem cerca de 20% no último pregão, com os agentes reagindo à notícia de que a empresa será a gestora do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), os papéis da Telebrás apuram perdas. Há instantes, as ações PN da companhia cediam 9,20%, a R$ 2,17, enquanto os papéis ON caíam 10,13%, a R$ 2,04. Em Wall Street, as bolsas ensaiaram virar para o campo positivo, voltaram a perder força e agora operam praticamente estáveis. Há pouco, o índice Dow Jones diminuía 0,04%, enquanto o Nasdaq registrava acréscimo de 0,03% e S & P 500 subia 0,06%. No cenário externo, o Departamento do Trabalho americano revelou que a produtividade do setor de negócios não agrícola no país aumentou a uma taxa anualizada de 3,6% no primeiro trimestre deste ano. A produção subiu 4,4% e as horas trabalhadas avançaram 0,8%. Já os novos pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos somaram 444 mil na semana encerrada no dia 1 deste mês, decréscimo de 7 mil ante a leitura de uma semana antes, de 451 mil. (Beatriz Cutait | Valor)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.