A economia mundial evitará a recessão, mas o crescimento será muito fraco em 2009, afirmou nesta quarta-feira o principal economista do Fundo Monetário Internacional, Olivier Blanchard.

"Nossa posição é que não é útil usar a palavra recessão quando o mundo tem um crescimento de 3%. Na definição normal do termo, a recessão é um dado negativo de crescimento, e não é este o caso", explicou em entrevista à imprensa.

"Ou seja, 3% é um dado muito fraco para o crescimento mundial, e no passado isto foi definido como o limite de uma recessão mundial", acrescentou.

"Uma desaceleração econômica mundial mas com um crescimento positivo é provavelmente uma melhor definição do que estamos enfrentando", concluiu Blanchard.

hh/lm

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.