Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bittencourt: ajuda do governo ao setor rural soma R$ 18 bi

Brasília, 26 - O secretário adjunto do Ministério da Fazenda, Gilson Bittencourt, estimou hoje que as medidas tomadas pelo governo desde o início da crise para ajudar o setor rural somam R$ 18 bilhões. Entre essas medidas, ele citou a mudança da exigibilidade dos depósitos à vista e da poupança rural e também a alocação de recursos dos fundos constitucionais, que beneficiam de forma direta ou indireta o setor agrícola.

Agência Estado |

"Não são as medidas suficientes, mas são as medidas possíveis", afirmou ele, que listou 28 medidas adotas pelo governo para apoio ao setor rural.

O secretário contou que os últimos leilões do Banco Central para as operações de Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC) foram feitas com prazo de pagamento de 360 dias. A ampliação do prazo era uma das reivindicações do setor agrícola. Ele disse ainda que o governo avalia que as medidas para irrigar o crédito para o custeio das lavouras estão dadas.

Segundo Bittencourt, a partir de agora, a preocupação do governo é com a comercialização da safra. O secretário lembrou que na reunião de hoje do CMN foram adotadas medidas de apoio à comercialização do leite e do café e que até o início do ano serão anunciadas medidas de apoio à comercialização de grãos.

O CMN também aprovou ajustes na linha especial de crédito para refinanciamentos das dívidas de investimento. Segundo Bittencourt, ficou estabelecido que o novo financiamento será oferecido com encargo financeiro de 0,25 ponto percentual acima da taxa original. Na semana passada, quando o BC autorizou a criação da linha, foram citadas quatro taxas de juros, mas há, segundo ele, encargos intermediários, o que exigiu a correção de hoje.

Ainda sobre a linha de R$ 500 milhões para refinanciamento das dívidas de investimento, o secretário explicou que o produtor precisará assinar um novo contrato com o banco. "Não vai haver aditivo ao contrato original", disse.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG