Tamanho do texto

RIO - O Banco Mundial (Bird) vai emprestar US$ 485 milhões ao estado do Rio de Janeiro. O dinheiro será destinado ao Programa de Desenvolvimento Econômico Social e de Sustentabilidade Fiscal do Rio de Janeiro (Prodess), que prevê investimentos nas áreas de educação, saúde, gestão fiscal, entre outros.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237562684678&_c_=MiGComponente_C

O acordo foi assinado ontem entre o governador Sérgio Cabral e o diretor do Banco Mundial para o Brasil, Makhtar Diop.

O governo informou, por meio de nota, que o empréstimo servirá para o fortalecimento da gestão fiscal e o controle de gastos públicos, além de melhorias no registro de empresas, no sistema de educação básica e no maior acesso e eficiência aos serviços de saúde.

De acordo com Diop, a reunião com o governador Sérgio Cabral reafirma o interesse do Bird em continuar trabalhando com o governo do Estado do Rio.

"O Rio é muito consciente nas questões do meio ambiente e está gerando empregos. O Banco Mundial tende a apoiar essas áreas de desenvolvimento humano, como saúde, educação e sustentabilidade fiscal, além da parte rural e transporte de massas. Outra questão é a preparação da Copa de 2014 e das Olimpíadas de 2016." As informações são da Agência Brasil.

Leia mais sobre: Rio de Janeiro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.