loucura , segundo fabricante de massas Barilla - Home - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Biocombustíveis são uma loucura , segundo fabricante de massas Barilla

O maior fabricante mundial de massas, o grupo italiano Barilla, considerou nesta terça-feira que a decisão dos Estados Unidos e da União Européia de desenvolver os biocombustíveis é uma loucura que afetará o mercado dos cereais.

AFP |

"Produzir biocombustíveis a partir de cereais, como decidiram Comissão Européia e Estados Unidos, é uma loucura", assegurou Guido Barilla, presidente do grupo, durante uma entrevista coletiva à imprensa.

"Para produzir um litro de biocombustível para um veículo, é preciso utilizar 4 quilos de produtos alimentícios e uma enorme quantidade de água", comentou.

"A alimentação no mundo é um problema espinhoso para o futuro", ressaltou Barilla.

Para o empresário italiano, o elevado consumo de cereais nos países asiáticos, assim como a produção de biocombustíveis e a especulação financeira, explicam o surpreendente aumento do preço dos cereais.

A Barilla foi criticada na Itália pelo aumento constante desde 2007 do preço das massas, alimento básico da dieta mediterrânea.

A inflação chegou a 3,8% em maio na Itália e o preço da massa subiu 22% em um ano.

O impacto dos biocombustíveis no aumento dos preços agrícolas foi um dos temas mais polêmicos da reunião de cúpula sobre a alimentação realizada recentemente pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO) em Roma.

Estados Unidos e Brasil, principais produtores de etanol consideram que a produção de biocombustíveis não é responsável pela escalada dos preços dos alimentos.

A UE fixou para 2020 um prazo de 10% de transporte com biocombustíveis para os países membros.

ef-kv/dm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG