Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BID prevê estagnação econômica na América Latina em 2009

SANTO DOMINGO - O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) anunciou neste final de semana em Santo Domingo que o crescimento da América Latina deve estacionar em 2009, quando a região resgistrará quedas na arrecadação e um aumento do desemprego.

AFP |

"A América Latina enfrentará uma crise muito diferente das do passado (...). Enfrentaremos um período de estagnação do crescimento global, pelo menos em todo o ano de 2009 e possivelmente no primeiro trimestre de 2010", explicou Santiago Levy, vice-presidente de Setores e Conhecimento do BID.

Para o especialista, o objetivo das políticas públicas para 2009 não é conseguir crescer, "mas preservar a possibilidade de voltar a crescer a partir de 2010".

Ainda segundo Levy, para enfrentar a atual crise é necessário "agir com rapidez" e instituir "instrumentos novos", que permitam canalizar recursos para os bancos comerciais.

O especialista prevê que, ao longo deste período, o emprego "estará praticamente parado", com um conseqüente aumento do trabalho informal.

Diante dessas expectativas, o BID decidiu destinar 6 bilhões de dólares - inicialmente reservados para outras operações de ajuda neste contexto de crise - para incentivar a produção latino-americana.

Este dinheiro, explicou Levy, servirá para abastecer "transitoriamente os bancos comerciais internacionais latino-americanos, as empresas e os bancos comerciais dos respectivos países".

"O objetivo é fazer o maior esforço possível para manter o sistema produtivo", acrescentou.

Leia tudo sobre: crise financeira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG