Tamanho do texto

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) dobrou praticamente o volume de créditos disponíveis para 2008, até 12 bilhões de dólares, um valor que chegará a 18 bilhões de dólares em 2009, diante da crise mundial, anunciou nesta segunda-feira o presidente do organismo, o colombiano Luis Alberto Moreno.

Ao final de uma reunião em Viena com o secretário de Estado austríaco de Relações Exteriores, Hans Winkler, o presidente do BID destacou que em meio à crise, as instituições financeiras internacionais são "partes que adotam soluções".

Moreno lembrou que como algumas crises passadas tiveram origem na América Latina, os governos dos países latino-americanos "aprenderam a lição" e adotaram uma série de reformas econômicas, cujos frutos são colhidos hoje.

pfe/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.