Tamanho do texto

LONDRES (Reuters) - A mineradora BHP Billiton está cautelosa com o crescimento a curto prazo na China, mas não tem planos para reduzir a produção e os gastos de capital em meio aos baixos preços, já que permanece altista em relação à demanda por metais no longo prazo. A BHP, maior mineradora do mundo, também estima que os preços do cobre vão provavelmente cair ainda mais, mas que os do petróleo estão perto de um equilíbrio com base em preços marginais, disse o diretor-comercial Alberto Calderon à Reuters.

A BHP produz uma série de commodities para uso industrial como cobre, alumínio, minério de ferro e carvão, pelas quais a China tem mostrado um enorme apetite, alimentando um 'boom' no preço das commodities nos últimos anos.

"Os resultados (econômicos) da China no terceiro trimestre serão fracos, serão provavelmente mais fracos do que as pessoas imaginam...Acho que isso vai provavelmente assustar o mercado", disse ele.

(Por Eric Onstad)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.