Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bertelsmann AG vende participação em joint venture para a Sony Corporation

Frankfurt (Alemanha), 5 ago (EFE).- O consórcio alemão de mídia Bertelsmann AG vendeu para a Sony Corporation sua participação de 50% na joint venture Sony BMG.

EFE |

Segundo informou hoje a Bertelsmann AG em comunicado, a empresa se chamará no futuro Sony Music Entertainment Inc. (SMEI), será uma filial da Sony Corporation of America e reunirá os selos musicais Arista Records, Columbia Records, Epic Records, J Records, Jive Records, RCA Records e Zomba.

Estas gravadoras fazem a produção de artistas como Celine Dion, Alicia Keys, Yo-Yo Ma, Bruce Springsteen, Justin Timberlake, Usher e Jay Chou.

As duas empresas não divulgaram o valor da operação.

Em agosto de 2004, a Sony e a Bertelsmann AG criaram a joint venture Sony BMG.

A Sony BMG, filial da Bertelsmann AG, é proprietária da Arista, da Jive, da Zomba e da RCA, enquanto a carteira da Sony inclui as marcas Columbia, Epic e Sony Classical.

As duas faziam parte do grupo de cinco grandes empresas que dominam o mercado fonográfico mundial juntamente com Universal, Warner e EMI.

O presidente da Bertelsmann AG, Hartmut Ostrowski, disse: "após uma revisão cuidadosa, foi tomada esta decisão estratégica de vender à Sony o investimento nesta joint venture, um passo que beneficiará nossos acionistas".

Com esta venda, a Bertelsmann AG quer se concentrar em suas áreas de crescimento, segundo Ostrowski.

A Bertelsmann AG reduziu seu lucro líquido em 2007 para 405 milhões de euros, mais de seis vezes a menos do que em 2006, por causa de efeitos extraordinários negativos dos acordos extrajudiciários após a compra da Napster e porque não teve a receita de 2006 pela venda da filial BMG Music Publishing. EFE aia/wr/fal

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG