O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, disse hoje que o controle da inflação é pano de fundo para que o Estado possa atuar. Segundo ele, por duas décadas, os governos se concentraram em combater o descontrole da inflação e das contas públicas, o que acabou deixando em segundo plano a questão da gestão pública.

Agora, em um ambiente de inflação controlada e de contas públicas em ordem, os governos podem, segundo Bernardo, atuar para melhorar a gestão e aplicar melhor o dinheiro público.

O ministro disse que existe um debate entre um Estado mínimo e Estado grande, mas, segundo ele, o que interessa é um Estado eficiente. "O Estado tem que funcionar bem", disse, na abertura de congresso sobre a administração pública realizado em Brasília.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.