O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, esclareceu que anunciará hoje um decreto para limitar os gastos orçamentários do Poder Executivo neste início do ano. Esse decreto vai orientar a programação financeira até março.

Mais cedo, em entrevista à TV Globo News, em vez de citar o decreto, Bernardo disse que o governo adotaria uma “medida provisória”.

Ele corrigiu que não se trata de uma MP, mas de uma “medida provisória com letra minúscula”. Ou seja, trata-se de um decreto provisório até março, quando será divulgado um outro decreto que tratará da Programação Financeira do Orçamento Geral da União para o ano de 2009.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.