Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bernardo: BNDES pode ser recapitalizado

O governo deve anunciar novas medidas para reforçar o caixa de instituições financeiras federais, como o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Caixa Econômica Federal (CEF). O ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, informou ontem que o governo estuda uma maneira de compensar o BNDES pelos cerca de R$ 5 bilhões em dividendos que a instituição pagou à União este ano, algo que não vinha fazendo em anos anteriores.

Agência Estado |

Isso poderia ser feito por meio de uma nova capitalização do banco.

"É orientação do presidente Lula que o BNDES tenha recursos para manter os financiamentos e atender a demanda das empresas", disse. Bernardo ponderou, contudo, que a compensação ocorrerá somente se a situação das contas públicas permitir, desde que não ponha em risco a meta de superávit primário (receita menos despesa, sem contar juros). A meta é de 4,3% do Produto Interno Bruto (PIB). "Isto vai depender dos números fiscais e da necessidade do BNDES", disse.

A capitalização do BNDES também foi defendida pela ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, em discurso ontem numa reunião de gerentes da CEF. Dilma mencionou a possibilidade de capitalização da Caixa Econômica Federal (CEF). "O governo está perfeitamente convencido de que é possível disponibilizar recursos tanto para o BNDES, para financiamentos a longo prazo do setor privado, quanto para a Caixa, para projetos de infra-estrutura e saneamento." Sem detalhar, Dilma ressaltou a importância das duas instituições no atual momento de falta de crédito no exterior. "Essas fontes (BNDES e Caixa) não vão secar", disse. "Sabemos que a crise é profunda e que afetou as correntes internacionais de crédito, mas temos hoje uma situação financeira e bancária bastante robusta”, completou. "Nossos bancos não foram contaminados pela crise e acho que o mercado de câmbio também não foi afetado.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG