DALLAS (Reuters) - O chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, disse nesta quarta-feira que a economia dos Estados Unidos ainda enfrenta obstáculos significativos, incluindo um setor imobiliário que ainda tem de se recuperar de forma convincente e um mercado de trabalho abatido.

Num discurso sugerindo que o chairman do banco central norte-americano não está com pressa para começar a elevar as taxas de juros, Bernanke ressaltou uma série de desafios para as perspectivas de crescimento econômico do país.

DALLAS (Reuters) - O chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, disse nesta quarta-feira que a economia dos Estados Unidos ainda enfrenta obstáculos significativos, incluindo um setor imobiliário que ainda tem de se recuperar de forma convincente e um mercado de trabalho abatido.

Num discurso sugerindo que o chairman do banco central norte-americano não está com pressa para começar a elevar as taxas de juros, Bernanke ressaltou uma série de desafios para as perspectivas de crescimento econômico do país.

"Muitos norte-americanos ainda estão presos ao desemprego ou à execução de hipotecas, ou a ambos", afirmou Bernanke em texto preparado para a Câmara Regional de Comércio de Dallas. "Estamos longe de estarmos sem problemas."

(Por Ed Stoddard)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.