Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bernanke diz que déficit dos EUA é necessário para estimular economia

Washington, 7 abr (EFE).- O presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Ben Bernanke, se manifestou hoje contra uma redução "drástica" em curto prazo do déficit dos Estados Unidos ao alegar que a economia ainda sente o impacto da crise imobiliária e do alto índice de desemprego.

EFE |

Washington, 7 abr (EFE).- O presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Ben Bernanke, se manifestou hoje contra uma redução "drástica" em curto prazo do déficit dos Estados Unidos ao alegar que a economia ainda sente o impacto da crise imobiliária e do alto índice de desemprego. "Ainda não vimos uma recuperação firme no mercado imobiliário", disse Bernanke em discurso na Câmara Regional de Comércio de Dallas, no estado americano do Texas. O presidente do Fed disse que a taxa de desemprego dos EUA, atualmente em 9,7%, cairá "lentamente" durante o próximo ano à medida que haja crescimento com a política de baixas taxas de juros do banco central. EFE cma/bba
Leia tudo sobre: iG

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG