Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Bernanke: ambiente econômico é um dos mais dificeis que já vimos

O presidente do Federal Reserve (Fed, banco central americano), Ben Bernanke, afirmou nesta sexta-feira que a crise financeira que começou há um ano ainda não passou e está começando a atingir o resto da economia americana, criando um dos mais difíceis contextos já vistos.

AFP |

"Apesar de o funcionamento de certos mercados ter melhorado um pouco, a tempestade financeira ainda não diminuiu, e seus efeitos para o conjunto da economia se tornam aparentes na forma de uma desaceleração da atividade econômica e a alta do desemprego", disse o presidente do Fed.

"Se acrescentamos a isto a aceleração da inflação, ligada principalmente ao aumento dos preços das matérias-primas, o resultado é um dos ambientes econômicos e de política monetária mais difíceis", declarou Bernanke, em discurso durante um simpósio anual tradicional do Fed em Jackson Hole (oeste).

No entanto, Bernanke considerou "animadora" a queda recente dos preços das matérias-primas e a estabilidade crescente do dólar.

Se estes fenômenos durarem, num contexto de crescimento que continuará sem dúvida abaixo do potencial por enquanto, deve conduzir a uma "moderação da inflação no fim do ano e ano que vem", comentou.

O presidente do Fed destacou, por outro lado, que as perspectivas de inflação ainda são "altamente incertas", e garantiu que o Fed continuará acompanhando a situação de perto, para agir se for necessário e, assim, garantir a estabilidade dos preços.

Ele lançou ainda um apelo ao reforço da infra-estrutura financeira, principalmente para as instituições não-bancárias, visando não repetir a situação de operações de risco excessivo como as que provocaram esta crise atual.

cg/lm

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG