Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Berlim abandona meta de orçamentos equilibrados para 2011

Berlim, 13 out (EFE).- O Governo federal alemão se viu obrigado a abandonar a meta de conseguir orçamentos equilibrados, sem novo endividamento, para 2011, devido à crise financeira que sacode os mercados internacionais e o pacote de resgate que anunciará hoje para os bancos nacional.

EFE |

"Não perdemos, no entanto, de vista nossa meta de conseguir orçamentos equilibrados, embora demoremos mais tempo", diz o ministro federal de Finanças, Peer Steinbrück, em declarações que publica hoje o rotativo "Bild".

Por sua parte, o chefe do governamental grupo parlamentar democrata-cristão (CDU) no Bundestag, Volker Kauder, conta com que o Governo federal se verá obrigado também a corrigir para baixo esta mesma semana as previsões de crescimento para a Alemanha em 2009.

Kauder confirmou também ontem à noite em declarações à televisão pública alemã ARD que o Governo aprovará hoje um pacote de resgate para os bancos nacional com um volume de até 400 bilhões de euros.

O ministro alemão de Economia, Michael Glos, deve apresentar nesta quinta-feira perante a imprensa os últimos previsões conjunturais. EFE jcb/ma

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG