Londres, 22 ago (EFE).- O conselho de administração da britânica Benfield aceitou uma oferta de compra da americana Aon, a maior corretora de seguros do mundo, por 844 milhões de libras (1,056 bilhão de euros), comunicou hoje a companhia à Bolsa de Londres.

A oferta pela venda de todas as ações da companhia supõe o pagamento em dinheiro de 350 pence (4,40 euros) por ação, o que representa 29,2% da cotação dos títulos da Benfield no final do pregão de ontem.

Deste modo, a Aon avalia em 738 milhões de libras (924 milhões de euros) a totalidade do capital social atual da Benfield, valor que atinge os 844 milhões de libras se somadas as novas ações emitidas pela companhia britânica. A Aon pretende completar a aquisição antes do fim do ano.

Os membros do principal órgão de direção da Benfield, que recomendará aos acionistas aceitar a oferta, se comprometeram a entrar com 18,2% do capital que todos possuem.

O grupo americano espera que a fusão que originará a nova corretora de seguros, a Aon Benfield Re, amplie sua presença no significativo mercado das catástrofes na Flórida e no sudeste dos Estados Unidos, assim como nas regiões de "rápido crescimento" da América Latina e da Ásia-Pacífico.

O executivo-chefe da Aon, Greg Case, disse em comunicado que o novo negócio de fusão se fundamentará no recente crescimento da companhia americana e possibilitará ao grupo ampliar suas margens de lucro.

Por sua vez, o executivo-chefe da Benfield, Grahame Chilton, assinalou que o acordo permite à companhia britânica ter acesso a maiores recursos. EFE pdj/ab/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.