Tamanho do texto

A Eletronorte, que centraliza os pedidos de formação de consórcios para o leilão da usina hidrelétrica de Belo Monte informou hoje, por intermédio de sua assessoria de imprensa, que possivelmente só será divulgado amanhã o nome das empresas que vão se juntar ao grupo Eletrobrás para participar da disputa. Segundo a estatal, o processo de análise das propostas ainda está em aberto.

A Eletronorte, que centraliza os pedidos de formação de consórcios para o leilão da usina hidrelétrica de Belo Monte informou hoje, por intermédio de sua assessoria de imprensa, que possivelmente só será divulgado amanhã o nome das empresas que vão se juntar ao grupo Eletrobrás para participar da disputa. Segundo a estatal, o processo de análise das propostas ainda está em aberto. O prazo para apresentação dos pedidos vence às 17 horas de hoje. <p><p>Depois de apresentados os pedidos, eles serão encaminhados à Eletrobrás, que fará a análise final para saber qual subsidiária do grupo se juntará às empresas privadas. A expectativa do governo é de que três consórcios participem do leilão. Mas até agora apenas o consórcio formado pela Andrade Gutierrez, Vale, Votorantim e Neoenergia foi oficializado. Também havia a expectativa de um segundo grupo, formado pela Camargo Correa e Odebrecht. A dúvida é sobre a participação ou não da empresa franco-belga Suez Energy, que integraria um terceiro consórcio. O leilão está marcado para o dia 20 deste mês.
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.