Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

Belarus tenta firmar tratado comercial com União Européia

Moscou, 22 out (EFE).- Belarus deseja assinar com a União Européia (UE) um amplo tratado comercial, extensivo a todos os âmbitos das relações econômicas, anunciou hoje o Ministério de Assuntos Exteriores bielo-russo.

EFE |

"Em breve esperamos a chegada de uma delegação da Comissão Européia. Estamos dispostos a entrar na fase ativa das conversas", disse em Minsk o vice-ministro de Relações Exteriores, Andrei Yevdochenko.

Ele acrescentou que a negociação deve começar "no início de novembro", segundo a agência russa "Interfax".

O anúncio da Chancelaria se produz pouco depois que a UE aprovasse uma suspensão parcial das sanções impostas contra o regime do presidente bielo-russo, Aleksandr Lukashenko, por suas práticas antidemocráticas.

No último dia 13, os ministros de Relações Exteriores comunitários concordaram em suspender durante seis meses a proibição de que alguns responsáveis oficiais, entre eles o próprio Lukashenko, viajem para território da UE.

No mesmo dia, a UE teve, em Luxemburgo, uma reunião com o ministro de Relações Exteriores da Belarus, Serguei Martínov, primeiro encontro de alto escalão entre as partes desde 2004.

"A UE deu um pequeno passo, mas que é muito importante. E nós vamos dar muitos passos", prometeu na segunda-feira Lukashenko, que comemorou o fato de que "Belarus e a UE já não tenham que se relacionar através de uma Cortina de Ferro".

O vice-ministro Yevdochenko explicou que a retomada dos contatos com a Comissão Européia foi estipulada por Martínov durante sua reunião com a UE em Luxemburgo.

Ele acrescentou que Minsk, além de negociar com a Comissão Européia o futuro acordo comercial, pedirá a plena supressão das cotas para a exportação de texteis à UE e o retorno do país ao regime comunitário de preferências comerciais. EFE se/jp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG