Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BCE reduz taxa de juros das facilidades de depósito

Frankfurt (Alemanha), 18 dez (EFE).- O Banco Central Europeu ampliou hoje para 2 pontos percentuais a diferença entre as facilidades de crédito e as de depósito, reduzindo a taxa de juros destas últimas.

EFE |

Na reunião realizada hoje em Frankfurt, o Conselho do BCE decidiu que, a partir de 21 de janeiro, o interesse marginal das facilidades de crédito aumentará de 3% atual para 3,5%.

Os juros das facilidades de depósito, por outro lado, cairá do 2% atual para 1,5%.

Com esta medida, o BCE pretende incentivar o mercado interbancário, que continua sendo muito restrito, apesar das medidas extraordinárias adotadas por Governos e autoridades monetárias.

Desde a explosão da crise financeira, os bancos optaram por depositar seu dinheiro no BCE, em vez de emprestá-lo a outros bancos, embora essa decisão fosse menos rentável.

O presidente do BCE, Jean-Claude Trichet, insistiu nas últimas semanas na necessidade de reativar o mercado interbancário, apelando à responsabilidade das entidades bancárias.

O Conselho do BCE decidiu também em sua reunião de hoje que as operações de refinanciamento continuarão sendo realizadas a uma taxa de juros fixa e concessão plena até 20 de janeiro do próximo ano.

Essa medida, segundo o comunicado do BCE, será aplicada "o tempo que for necessário", pelo menos até 31 de março. EFE cv/an

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG