Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BCE deve reduzir juros na quinta-feira

Frankfurt - O Banco Central Europeu (BCE) reduzirá as taxas de juros na quinta-feira para impulsionar o crescimento econômico dos países que compartilham o euro, segundo prevêem os mercados financeiros.

EFE |

 

A Comissão Européia (CE) considera que a Europa entrou em recessão (dois trimestres seguidos de contração), arrastada pelo desabamento das grandes economias, devido ao efeito da crise financeira e à correção do setor imobiliário em muitos países.

O analista de Commerzbank Michael Schubert disse que "tempos excepcionais pedem medidas excepcionais: só quatro semanas depois da ação coordenada aprovada por vários bancos centrais líderes do mundo, prevemos que o BCE reduzirá sua taxa reitora (atualmente de 3,75%) em 50 pontos básicos".

Uma segunda redução dos juros apenas um mês após a primeira mostra que as circunstâncias são extraordinárias.

Depois dos atentados terroristas do 11 de setembro de 2001, o banco europeu aguardou dois meses entre as reduções das taxas de juros.

O Produto Interno Bruto (PIB) da zona do euro começou a se contrair no segundo trimestre de 2008 (-0,2%), voltou a fazê-lo no terceiro (-0,1%) e seguirá caindo no quarto (-0,1%).

A CE prevê que a economia do zona do euro começará uma lenta recuperação a partir de 2009.

O presidente do BCE, Jean-Claude Trichet, deixou claro, recentemente, que a entidade monetária fará uma nova redução das taxas.

Desde 8 de outubro, quando o BCE desceu os juros pela última vez, o preço do petróleo caiu 20% em euro, segundo Commerzbank.

A taxa de inflação anualizada da zona do euro diminuiu em outubro quatro décimos, até 3,2%, a mais baixa desde janeiro, segundo o cálculo preliminar do Eurostat, o escritório de estatística européia. 

Leia mais sobre União Europeia 

Leia tudo sobre: jurosunião européia

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG