Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BCE adverte contra as tentanções protecionistas

O Banco Central Europeu (BCE) advertiu contra as tentações protecionistas que vêm ganhando força na crise econômica, em seu relatório mensal divulgado nesta quinta-feira.

AFP |

"Apesar de não haver prova maior, por enquanto, de que as medidas protecionistas aumentaram, as pressões parecem estar crescendo", afirma a instituição.

O BCE destaca também que o apoio à globalização, ao livre comércio de bens e de capitais, tem a tendência de perder força em várias regiões do mundo, o que "não é surpreendente visto que as pressões protecionistas se tornam em geral mais fortes em períodos de tensão econômica e financeira".

Segundo dados da Comissão Europeia referentes a 2008, os cidadãos da União Europeia (UE) estão muito divididos sobre a questão: 39% se declararam favoráveis à globalização e 43% veem nela uma ameaça para o emprego e as empresas nacionais.

Em uma pesquisa recente realizada nos EUA e citada pelo BCE, 60% das pessoas entrevistadas consideraram que a globalização é em geral uma boa coisa.

"Para o futuro, será muito importante resistir aos apelos em favor das medidas protecionistas", segundo a BCE.

Os grandes financistas do G7 devem discutir o tema sexta-feira e sábado em Roma. O debate voltou com força quando os EUA, num primeiro esboço do plano de retomada, incluíram uma cláusula chamada "Buy American" (compre produtos americanos), que foi muito mal recebida pelos parceiros comerciais e depois flexibilizada.

A polêmica vem aumentando também na Europa sobre as ajudas da França ao setor automobilístico.

ilp/lm/fp

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG