Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BC: relação dívida/PIB deve cair para 35% no fim do ano

O chefe do Departamento Econômico do Banco Central (Depec), Altamir Lopes, informou hoje que espera que a relação entre a dívida líquida do setor público e o Produto Interno Bruto (PIB) deve permanecer estável em 36% em janeiro. Ele também afirmou que espera que o indicador deve cair para 35% no fim do ano.

Agência Estado |

O chefe do Depec informou que a projeção foi feita com base no cumprimento da meta de superávit de 3,80% do PIB, com crescimento da economia de 3,2% em 2009. Segundo ele, a estimativa prevê câmbio no fim de 2009 de R$ 2,25, juros médios de 12,40% no ano e Índice Geral de Preços - Disponibilidade Interna (IGP-DI) de 5,5%. Diante deste cenário, ele prevê que 2009 deve terminar com déficit nominal equivalente a 1% do PIB, contra déficit de 1,53% registrado em 2008.

Altamir também informou que o superávit primário em reais em 2008 (R$ 118,037 bilhões) e o resultado das estatais federais (R$ 14,036 bilhões) são os melhores resultados anuais da série histórica, iniciada em 1991. Com relação ao déficit nominal, equivalente a 1,53% do PIB, Altamir informou que esse resultado é o menor da série.

Sobre o resultado de dezembro de 2008, o déficit primário de R$ 16,793 bilhões é o pior da série para qualquer mês desde 1991. Segundo ele, o resultado foi prejudicado pela destinação de R$ 14,2 bilhões para o Fundo Soberano. Sem este gasto extra o déficit primário seria de R$ 2,593 bilhões, o que seria o melhor resultado para o mês de dezembro desde 1999.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG