SÃO PAULO - O Banco Central (BC) brasileiro decidiu implantar um programa de liberação integral dos recolhimentos compulsórios sobre depósitos a prazo, sobre os depósitos interfinanceiros e sobre a exigibilidade adicional de depósitos à vista e a prazo. A previsão é de injetar R$ 100 bilhões no mercado.

Em breve nota, a autoridade monetária afirmou que "as liberações serão efetuadas de acordo com as necessidades de liquidez dos mercados".

Na semana passada, o BC tinha anunciado medida de flexibilização dos depósitos compulsórios visando a promover uma injeção de R$ 23,2 bilhões no sistema financeiro. O banco já tinha tomado outras ações nesse campo.

(Valor Online)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.