Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BC libera compulsório para dar mais recursos ao BNDES

BRASÍLIA - O Banco Central autorizou as instituições financeiras nesta terça-feira a direcionar parte de seus recolhimentos compulsórios sobre depósitos a prazo para certificados de depósitos interfinanceiros do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Segundo nota, a medida permitirá a liberação de 6,2 bilhões de reais para o BNDES, que tem tido dificuldades para atender o aumento da demanda por financiamentos em meio à crise global de crédito.

Reuters |

"A medida complementa as ações do BC no sentido de melhorar a distribuição de recursos no sistema financeiro nacional e as condições do mercado de crédito para pequenas e médias empresas", afirmou o Banco Central, por meio de nota

Essa flexibilização no compulsório já havia sido antecipada pelo ministro da Fazenda, Guido Mantega, na semana passada. Ele afirmou que o BNDES deveria usar os recursos adicionais para oferecer capital de giro para as empresas e também para reforçar linhas voltadas aos exportadores.

Ainda segundo o ministro, no total, o Banco de Desenvolvimento  receberá 10 bilhões de reais para incrementar seus empréstimos, já que a Caixa Econômica Federal iria adquirir 4 bilhões de reais em títulos da instituição.

O prazo limite para fazer as aplicações no BNDES passíveis da dedução do compulsório é 31 de dezembro. O valor de dedução é limitado a 70 por cento do total do compulsório sobre depósitos a prazo.

Leia tudo sobre: compulsório

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG