Tamanho do texto

O Banco do Japão (BOJ, o banco central do país) elevou sua avaliação econômica pelo segundo mês consecutivo em outubro, dizendo que a economia japonesa começou a se recuperar.

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=economia%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237577173246&_c_=MiGComponente_C

"As condições econômicas do Japão podem melhorar gradualmente, uma vez que as exportações e a produção devem continuar crescendo, refletindo principalmente a melhora das condições econômicas no ambiente externo", disse a autoridade monetária japonesa em seu relatório econômico mensal divulgado nesta quinta-feira.

O BOJ divulgou, entretanto, uma nota cautelosa sobre a demanda doméstica, afirmando que é "provável que ela se mantenha fraca, enquanto os resultados das empresas, o emprego e a situação dos rendimentos continuarem severos".

O relatório de outubro foi divulgado um dia depois de o comitê de política monetária do BOJ decidir, em votação unânime, manter a taxa básica de juros do país em 0,1% ao ano. O banco manteve ainda as medidas temporárias para injetar dinheiro no mercado por meio da compra de dívidas corporativas em posse dos bancos.

As informações são da Dow Jones.

Leia mais sobre Japão

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.