Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BC: IED soma US$ 19,942 bilhões no ano

O Investimento Estrangeiro Direto (IED) no Brasil somou US$ 3,24 bilhões em julho, informou hoje o Banco Central. Em julho do ano passado, o IED somou US$ 3,613 bilhões e em junho deste ano, US$ 2,718 bilhões.

Agência Estado |

No acumulado do ano de janeiro a julho, o IED soma US$ 19,942 bilhões, valor correspondente a 2,46% do Produto Interno Bruto (PIB). Em igual período do ano passado o ingresso era de US$ 24,466 bilhões ou 3,28% do PIB. Nos últimos 12 meses encerrados em julho, o ingresso de IED totaliza US$ 30,061 bilhões o que equivale a 2,18% do PIB.

Para o resultado fechado de 2008, o BC manteve a previsão de ingresso de US$ 35 bilhões. Ainda segundo o BC, em julho, o investimento brasileiro no exterior somou US$ 412 milhões e no acumulado dos sete primeiros meses do ano esse investimento totaliza US$ 8,991 bilhões.

Conta corrente

A conta corrente do balanço de pagamentos, que apresenta o saldo de todas as
transações do País com o exterior, registrou um déficit de US$ 2,111 bilhões em julho. Em julho do ano passado, a conta corrente teve déficit de US$ 719 milhões e em junho deste ano, o resultado foi negativo em US$ 2,596 bilhões.

O resultado do mês passado foi gerado por uma contribuição positiva de US$ 3,303 bilhões da
balança comercial e pela contribuição negativa de US$ 5,785 bilhões da conta de serviços e
rendas. As transferências unilaterais tiveram em julho resultado positivo (ingressos) para o Brasil
de US$ 372 milhões.

No acumulado do ano de janeiro a julho, a conta corrente tem déficit US$ 19,512 bilhões. Esse
valor corresponde a 2,41% do Produto Interno Bruto (PIB). Em igual período de 2007, as
transações correntes tinham superávit US$ 1,695 bilhão. No acumulado dos últimos 12 meses até
julho, a conta corrente tem déficit de US$ 19,494 bilhões, o correspondente a 1,41% do PIB.

Remessas

As remessas de lucros e dividendos enviadas pelas multinacionais estrangeiras com sede no País somaram US$ 3,138 bilhões em julho. Em igual mês de 2007, a saída de recursos por essa conta havia somado US$ 2,103 bilhões e, em junho deste ano, a saída tinha sido de US$ 3,396 bilhões.

No acumulado do ano de janeiro a julho, a remessa de lucros soma US$ 22,131 bilhões, quase o dobro do valor registrado em igual período do ano passado, quando as remessas somavam US$ 11,910 bilhões. O valor acumulado nos sete primeiros meses de 2008 corresponde a praticamente todas as remessas de 2007, que somaram US$ 22,435 bilhões. Para o ano fechado de 2008, o BC manteve a expectativa de remessas de US$ 29 bilhões.

Juros

Segundo o BC, o gasto com juro no mês de julho somou US$ 1,288 bilhão, superior ao registrado em igual mês do ano passado (US$ 1,130 bilhão) e maior também que o verificado em junho de 2008, de US$ 565 milhões. No acumulado de janeiro a julho, o pagamento de juros soma US$ 4,645 bilhões, inferior ao registrado em igual período de 2007, quando a despesa foi de US$ 5,644 bilhões.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG