Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BC europeu diz que não vai mais seguir política monetária do Fed

Trichet confirmou que não vai mais relaxar a política monetária, já que os mercados financeiros estão se normalizando

EFE |

O

AFP
Presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet
presidente do Banco Central Europeu (BCE), Jean-Claude Trichet, confirmou nesta quinta-feira que não vai relaxar mais a política monetária do organismo e, por isso, não vai seguir os passos do Federal Reserve (Fed, banco central americano).

Na entrevista coletiva após a reunião do conselho de Governo, Trichet disse que a entidade vai manter sua estratégia de retirada gradual das medidas excepcionais aplicadas na crise, já que a situação nos mercados financeiros está se normalizando e a economia se recuperando.

O Fed anunciou um controvertido plano de estímulo monetário mediante a compra de bônus no valor de US$ 600 bilhões para baratear os empréstimos e impulsionar a lânguida recuperação dos Estados Unidos.

"As medidas não-convencionais são, por definição, de natureza temporária", argumentou Trichet. Por isso, o conselho de Governo do BCE observará todos os eventos e informará em dezembro sobre o futuro da provisão de liquidez e a forma de adjudicação, o que se conhece como medidas não-convencionais, anunciou Trichet. O BCE mantém também o controverso programa de compra de dívida pública que iniciou em maio para apoiar o bom funcionamento do mercado de bônus públicos, que sofre atualmente tensões pela crise de endividamento europeia.

Leia tudo sobre: bolsasEuropaBanco Central EuropeuBCEFed

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG