Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BC eleva previsão de crescimento econômico para 5%

Rio de Janeiro, 29 set (EFE).- O Banco Central elevou hoje ligeiramente a previsão de crescimento da economia do país este ano para 5%, mudança que reflete o otimismo oficial apesar da derrubada dos mercados globais.

EFE |

Em um relatório sobre o estado da economia divulgado hoje, o BC explica que a atualização foi feita após os resultados do segundo trimestre deste ano.

"A estimativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) foi revisada de 4,8% nos dois últimos relatórios de inflação (de junho e março) para 5%", afirmou o banco.

"O aumento da estimativa reflete a melhoria generalizada nas projeções", disse o banco, apesar de o número deste ano contrastar com os 5,4% de crescimento em 2007.

O BC estima que o setor agropecuário, motor da economia nacional, deverá crescer 5,5% neste ano, contra os 5% previstos anteriormente, impulsionado por fortes aumentos das colheitas de trigo, café, cana-de-açúcar e milho.

Também foi levado em conta o crescimento do setor industrial, que foi de 5,5% no segundo trimestre pelo maior dinamismo da construção civil, que deverá marcar expansão de 8,8% no ano.

O BC atribui essa expansão no setor da construção ao crescimento do crédito e do emprego, e às obras de infra-estrutura do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo.

Além disso, prevê uma maior atividade no setor de serviços, com uma expansão de 4,5% no ano, graças "ao dinamismo" na intermediação financeira, seguros e previdência social.

Por outro lado, o BC também eleva ligeiramente sua previsão de inflação em relação ao relatório de junho, para 6,1% ao ano, muito acima da meta de 4,5% estabelecida pelo Governo para 2008.

Já a tendência inflacionária desacelerou nos últimos meses devido ao impacto de aumentos constantes da taxa básica de juros, que atualmente está em 13,75% ao ano.

O relatório deixa claro que o banco aplicará novo aumento nas taxas de juros para conter as altas inflacionárias. EFE ol/ab/rr

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG