Publicidade
Publicidade - Super banner
enhanced by Google
 

BC dos EUA injeta mais US$ 50 bilhões no mercado

O Banco Central dos Estados Unidos (Federal Reserve, Fed) voltou ao mercado aberto hoje para oferecer liquidez extra de US$ 50 bilhões, em meio à disparada na demanda por financiamento. A forte busca por recursos foi indicada pelo aumento na taxa de juro projetada pelos fundos federais de reservas bancárias (Fed Funds) hoje.

Agência Estado |

A taxa chegou a atingir 5,25% ao ano, o dobro da atual taxa básica de juros americana, de 2% ao ano.

Os Fed Funds são os títulos que lastreiam os empréstimos interbancários de um dia no mercado interbancário e são usados pelo Fed para balizar a taxa de juro no curto prazo. Seus contratos futuros são um indicador para o juro futuro nos EUA.

No início da manhã em Nova York, o Fed já havia adicionado US$ 20 bilhões ao mercado via uma operação de um dia (overnight) de recompra de títulos no sistema bancário para tentar aliviar o estresse acentuado pelo pedido de concordata do Lehman Brothers e a compra do Merrill Lynch pelo Bank of America (BofA). Esta operação não foi suficiente para levar a taxa dos Fed Funds de volta para a meta e, por isso, em meio à superdemanda por recursos o Fed foi forçado, segundo analistas, a voltar a fazer uma operação não usual no mercado aberto.

Por volta das 13 horas (de Brasília), o Fed realizou uma operação inesperada de recompra totalizando US$ 50 bilhões. Com isso, conseguiu levar a taxa dos Fed Funds de volta a 4,25% ao ano nas últimas operações. Os contratos futuros dos Fed Funds estão agora precificando 66% de chance de que o Fed reduzirá a taxa básica de juros dos EUA em 0,25 ponto porcentual para 1,75% ao ano, em sua reunião amanhã.

Na máxima do dia, quando se acentuavam os rumores de que o Fed poderia agir prontamente, reduzindo o juro ainda hoje, os contratos de setembro projetavam 100% de chance de um corte no juro para 1,75% ao ano, com cerca de 25% de chance de um corte maior, para 1,5% ao ano, na reunião regular de amanhã do Fed. As especulações de um corte emergencial no juro diminuíram, permitindo que o contrato de setembro dos Fed Funds passassem a projetar probabilidade de 66% de um corte de 0,25 ponto. As informações são da agência Dow Jones.

Leia tudo sobre: home

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG